7 perguntas e respostas sobre otoplastia

7 perguntas e respostas sobre otoplastia, a cirurgia que ajusta a orelha “de abano”.

orelha

1. Existe idade mínima para ser operado?

A partir dos 5 anos de idade já é possível fazer a cirurgia. Com essa idade, a criança tem 85% da orelha desenvolvida e dá pra saber se o tamanho ou o formato são incomuns. Contudo, é importante que os pais só abordem a possibilidade de cirurgia se a própria criança houver manifestado espontaneamente insatisfação com as orelhas. Embora a cirurgia seja mais indicada nessa idade, também são frequentes os procedimentos em adolescentes e até em adultos.
 

2. Como é o pré-operatório?

O cirurgião solicita a realização de exames físico e de sangue para avaliar se a saúde do paciente está em dia. No caso de adultos, o eletrocardiograma também é indispensável. Se não houver alteração nos exames, o médico faz fotografias da orelha para comparação após a cirurgia.
 

3. Há alguma restrição?

Não podem ser operados pacientes com risco cirúrgico alto, como portadores de doença cardíaca, anemias severas e problemas de coagulação. Estas condições são detectadas nos exames pré-operatórios.
 

4. Como é a anestesia?

Em geral, o paciente recebe uma anestesia local e, em seguida, é sedado. Ele permanece assim durante todo o procedimento.

5. Como é a cirurgia?

A orelha “de abano” não possui as reentrâncias e saliências características das orelhas comuns. Esse formato atípico faz com ela fique aberta, como se houvesse sido esticada. Para “fechar” a extremidade, o médico faz um corte vertical atrás dela e descola a pele. Em seguida, modela a orelha, desenhando as reentrâncias e saliências na cartilagem. O cirurgião então corta a pele que sobra e costura a orelha à cabeça. Todo o procedimento dura entre 1h30 e 2h e a pessoa é liberada no mesmo dia.
 

6. Quais são os cuidados pós-cirúrgicos?

Depois da cirurgia, o médico põe gaze e esparadrapo nas orelhas de modo a conservar a modelagem recém-desenhada. Esse curativo é mantido por 2 a 7 dias, ao fim dos quais os pontos são retirados. Então o paciente passa a usar, durante um mês, uma faixa elástica que segura as pontas das orelhas. Nesse período, é recomendável não praticar atividade física e evitar a exposição ao sol para favorecer a cicatrização.
 

7. A otoplastia é realizada apenas nos casos de orelha “de abano”?

Não. Procedimentos de otoplastia, ou seja, de cirurgia na orelha, também são realizados em pessoas cujas orelhas têm formatos incomuns ou assimétricos. Além disso, a otoplastia é bastante procurada por idosos com o lóbulo (parte inferior da orelha) muito grande, devido ao envelhecimento da pele, e mulheres com o furo do brinco alargado.

 

 

Fonte: mdemulher.abril